Antonio Justel Rodriguez

TESTEMUNHA DA ACUSAÇÃO



À “Leona”, nossa velha e querida cachorra preta, “minha irmãzinha”.

[... pelos tímpanos altos de maio, sob múltiplas precauções por uma solidão exata,
o pastor pendurou e pendurou Leona no tronco mais alto e forte das macieiras em flor,
e, eu, joelho no chão, ou de cócoras, chorando, a pupila indolente,
a da íris encalhada e entregue atrás da fresta da porta]
===

... Eu seguro um furacão selvagem de agulhas e quebradeiras que ralaram e sacudiram o pomar,
as vértebras do mundo e os úberes das flores;
que de repente a escuridão se espalhou e o amor e a tarde flutuou sem rumo,
e assim o cisne da vida e o cisne da morte;

... que ninguém, que ninguém sabe até onde está o dano e a dor,
que ninguém, que ninguém sabe !!!

… e ai, ai de mim, porque volto ao famigerado crack
e ainda emergem crianças, íris cromadas,
deitado no chão;

… e é que não, isso não é outra inclemência nem é outro tormento,
deixar “carne crua” e subitamente exposta;

… e agora, agora você vê,
Nem a tristeza tem mais pagamentos do que um buraco aberto na memória,
a de um maio de crianças e destruição e essa ausência que me observa atentamente e me persegue,
aquele que indaga e queima minha alma, e insistente, atrozmente vivo,
me fere e me segue, aquele que me assedia e me assedia e vai cuidar de mim para sempre.
  ***
Antonio Justel Rodrigues
https://www.oriondepanthoseas.com
**

All rights belong to its author. It was published on e-Stories.org by demand of Antonio Justel Rodriguez.
Published on e-Stories.org on 05/26/2022.

 
 

Comments of our readers (0)


Your opinion:

Our authors and e-Stories.org would like to hear your opinion! But you should comment the Poem/Story and not insult our authors personally!

Please choose

Previous title Next title

More from this category "General" (Poems in portuguese)

Other works from Antonio Justel Rodriguez

Did you like it?
Please have a look at:


LA MIA INQUISIZIONE [gioventù irresistibile] - Antonio Justel Rodriguez (General)
Birds of Paradise - Inge Offermann (General)
Rainy Day - Inge Offermann (Emotions)