Antonio Justel Rodriguez

EU RETORNAREI

 
… oh amada Terra, e eu voltarei e voltarei sobre você;
Vou rápido e serei multiplicado, porque vim aqui na hora errada, na hora errada,
no entardecer de uma imensa orgia em que fui servo-escravo
e em que todos os pratos e os lençóis, as flores e as luzes
Eles eram outro sol, outra história, outra música que estou salvando
humildes pedacinhos debaixo da terra;
… Voltarei, amada Terra, porque não tenho voz nem coração suficientes,
O mundo não cabe em minhas mãos e não consigo olhar para ele;
Voltarei para não ser libélula de inverno e morrer sem encontrar
a flor que espero da amendoeira;
... Voltarei e voltarei mesmo que não tenha amigos ou lembranças,
e eu servirei de novo e de novo para que toda essa música, em sua própria vida,
não fique sem mais e, em vão, fendido ou derramado;
... é por isso, querida, oh Terra - planeta amado - é por isso que eu voltarei.
***
Antonio Justel-Rodriguez
https://www.oriodepanthoseas.com
***

All rights belong to its author. It was published on e-Stories.org by demand of Antonio Justel Rodriguez.
Published on e-Stories.org on 08/04/2022.

 
 

Comments of our readers (0)


Your opinion:

Our authors and e-Stories.org would like to hear your opinion! But you should comment the Poem/Story and not insult our authors personally!

Please choose

Previous title Next title

More from this category "General" (Poems in portuguese)

Other works from Antonio Justel Rodriguez

Did you like it?
Please have a look at:


HOMBRE DE LIBERTAD - Antonio Justel Rodriguez (General)
Tounge-Twisters - Jutta Walker (General)
Silent Mood - Inge Offermann (Love & Romance)